Curso de Pós-Graduação "Ética, Valores e Saúde na Escola"

Este blog destina-se a compartilhar e discutir os conhecimentos e temas abordados no curso de pós-graduação "Ética, valores e saúde na escola" ministrado na USP Leste em parceria com a UNIVESP.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

CIÊNCIA E EDUCAÇÃO


CIÊNCIA E EDUCAÇÃO*

Referente a video aula 9

Nossa vida atual está imersa em ciência, seja em aspectos tecnológicos, referentes à saúde, ao meio ambiente, etc. O grande desafio para o professor é transpor estes conteúdos científicos para o trabalho na escola.

O currículo, mais do que os conteúdos que serão trabalhados, é todo o percurso formativo do aluno, está diretamente relacionado ao desenvolvimento de habilidades que deseja-se que o aluno adquira. Assim, ciências é o conjunto dos conteúdos que implica certos fazeres, ou seja, para ensinar ciência na escola contemporânea, o professor precisa propiciar aos seus alunos situações em que ele experimente a ciência.

A ciência, no cotidiano escolar, pode ser trabalhada das seguintes formas:

- Ciência como linguagem: estamos cercados por linguagens científicas em nosso cotidiano, seja no jornal impresso, seja na televisão ou até mesmo na embalagem de um alimento, na bula de um remédio, a todo momento nos deparamos com a linguagem científica. No jornal, por exemplo, temos a previsão do tempo, notíciarios sobre catastrófes ambientais, etc. Nas embalagens de alimentos vê-se a tabela nutricional. Assim, para compreender todas essas informações é preciso reconhecer a linguagem científica. O domínio dessa linguagem se aprende na escola. O professor pode levar esses textos para a escola e propor discussões e pesquisas com seus alunos sobre esses temas.

- Ciência como instrumento prático: sem perceber, nos utilizamos da convenção da ciência instrumental para uso de coisas práticas e cotidianas. Um exemplo bastante simples é a conta de energia elétrica. Através de recursos científicos, mede-se a energia gasta e calcula-se o valor da conta. Outro exemplo são as instruções de uso em produtos químicos (limpeza) que utilizamos.

- Ciência como visão de mundo tecnológico: estamos cercados de produtos tecnológicos que fazem parte de nossas vidas de tal forma que nem os percebemos mais como inovações científicas. A televisão, o celular, o computador, a internet, entre outros. A ciência entra nas nossas casas, por que não em nosso cotidiano escolar?

- Projetos e trabalho em grupo nas aula de ciências: trabalhar com propostas investigativas, propor problemas de base cinetífica para que os alunos resolvam, pode-se autilizar temas que estejam em foco na mídia como, por exemplo, H1N1, elaborar projetos práticos.

Todas essas situações de trabalho dependem das circunstâncias, do ambiente em que a escola está inserida, de aspectos geográficos, bem como, contexto social, econômico e social. Estes aspectos farão toda a diferença na elaboração dos trabalhos científicos.

Ainda assim, as propostas de trabalho deve objetivar a mudança de comportamento dos alunos em aspectos relacionados à saúde ou à preservação do meio ambiente, por exemplo. Ou, ainda, refletir sobre a ciência e sua presença em nosso cotidiano.


Para ter idéias sobre projetos de ciência e como trabalhar temas científicos na escola, acesse:





*Professor Luis Carlos Menezes. Video Aula 9. USP, 2010.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário